Discursos

<< Voltar

Aniversários de Cotia, Aluminio, Mococa, Sandré e Itanhaém

Senhor Presidente,

Senhoras e Senhores Deputados,

Quero transmitir hoje meus cumprimentos às populações de cinco municípios paulistas que estiveram de aniversário no mês de abril. Essa comemoração costuma ser um momento de alegria para os habitantes de qualquer cidade, e tenho certeza de que isso novamente ocorreu este ano em Cotia, Alumínio, Mococa, Santo André e Itanhaém.

No dia dois de abril, Cotia completou 155 anos, na condição de um dos mais prósperos municípios do estado. Situado na Região Metropolitana, tem pouco mais de 200 mil habitantes e uma história que remonta ao ano de 1700.

Naquela época, formou-se ali um pouso para os tropeiros que, com cargas levadas por burros, iam e vinham entre São Paulo, Sorocaba e o sul do Brasil. Chamado de Acoty pelos indígenas, e de Acutia pelos tropeiros, em 1750 o local já tinha cerca de 3.700 moradores. Continuou crescendo como ponto de passagem até a segunda metade do século 19, quando a agricultura começou a se espalhar pela região, e mais tarde recebeu também um parque industrial.

A todos os habitantes de Cotia, portanto, desejo dar parabéns pelo transcurso de mais um aniversário da cidade. Dirijo uma saudação especial, ainda, ao prefeito Antônio Carlos Camargo, conhecido como Carlão Camargo, meu colega no PSDB.

Também no dia dois de abril, aniversariou o município de Alumínio, localizado na região centro-oeste do estado. Embora tenha completado agora 18 anos de instalação da primeira administração municipal, sua história é bem mais antiga, e toda ligada ao setor industrial e à ferrovia.

Na segunda metade do século 19, quando se construía a Cia. Sorocabana de Estradas de Ferro, chamaram atenção as reservas de calcário ali existentes, resultando na instalação de uma fábrica de cimento, de propriedade de Antonio Proost Rodovalho. Isso motivou a criação de uma estação ferroviária, denominada Rodovalho em homenagem ao industrial, e que permaneceu em atividade mesmo após o fechamento da fábrica.

Anos mais tarde, funcionaria no local uma fábrica de vidros e, já nos anos 50, seria inaugurada a Companhia Brasileira de Alumínio. A estação Rodovalho passou então a se chamar Alumínio, e em seu entorno surgiu um pequeno núcleo urbano, depois um bairro e, nos anos 90, o município.

Alumínio tem hoje quase 17 mil habitantes, aos quais cumprimento pelo transcurso do aniversário da cidade.

Mococa, no nordeste do estado, terra natal do escultor Bruno Giorgi e do comediante Rogério Cardoso, completou 155 anos no dia cinco.

Fundada no período imperial, Mococa logo passou a freguesia e, a seguir, a vila. Sua primeira lavoura de café, do qual se tornaria grande produtora, data de 1842.

Abolida a escravidão, a região recebeu um grande número de imigrantes, em especial italianos. Após a Primeira Guerra Mundial, com a crise que atingiu a lavoura, a economia se voltou para a produção leiteira, e mais recentemente ganhou diversas indústrias.

Hoje, Mococa é um município desenvolvido, com mais de 66 mil habitantes, administrado pelo prefeito Toni Naufel, do PSDB. A ele e à população da cidade, a minha saudação pelos 155 anos de história.

Um dos povoamentos mais antigos do Brasil, Santo André, no ABC paulista, festejou 458 anos. O município ostenta o sexto maior PIB do estado, oriundo de sua forte vocação industrial e da prestação de serviços.

O povoado de Santo André foi fundado por João Ramalho, e em oito de abril de 1553 transformou-se em vila. Dificuldades para proteger o local interromperam seu desenvolvimento: a vila foi transferida para os campos de Piratininga, e, na região hoje chamada Grande ABC, surgiu, no final do século 19, o município de São Bernardo.

O nome Santo André só voltou a ser usado em 1910, para indicar o distrito às margens da ferrovia. O ciclo industrial acabou por levar para lá a sede do município, e nos anos 40 a região começou a assumir a atual configuração, com vários distritos sendo transformados em cidades. Na década seguinte, a indústria automobilística alteraria ainda mais o panorama, impulsionando o crescimento acelerado de Santo André e de todo o ABC.

Atualmente, Santo André tem mais de 670 mil habitantes, aos quais transmito meus cumprimentos pelo aniversário do município.

Quero assinalar, ainda, o transcurso, no dia 22, dos 479 anos de Itanhaém, um dos municípios mais antigos do Brasil, situado na Baixada Santista. Foi, durante algum tempo, sede da capitania de São Vicente, e hoje é uma das 15 estâncias balneárias do estado.

Itanhaém atrai grande número de turistas, e conta hoje com 87 mil habitantes. Parabéns a todos pelo aniversário da cidade!

Muito obrigada.

BRUNA FURLAN

Deputada Federal

<< Voltar

Redes Sociais


Bruna Furlan - Todos os Direitos Reservados © 2016