Discursos

<< Voltar

Aniversário de Barueri

Senhor Presidente,

Senhoras e Senhores Deputados,

Em alusão ao aniversário da cidade de Barueri, celebrado no dia 26 de março, desejo saudar todos os habitantes e filhos da cidade que, hoje, é um dos principais centros financeiros do Estado de São Paulo e um dos polos empresariais mais famosos do Brasil.

Temos, de fato, além do aniversário do município, uma série de outros motivos para comemoração, por vários aspectos com que se vem distinguindo Barueri, pela história, pelo espírito empreendedor de seus cidadãos, pelo grau de desenvolvimento do município.

As raízes históricas da cidade remontam aos meados do século XVI e início do século XVII, quando, na margem direita do rio Tietê, pouco acima da confluência com o rio Barueri Mirim, foi edificada a Capela de Nossa Senhora da Escada, hoje padroeira do município. Ali, formou-se um dos mais importantes aldeamentos do Brasil Colônia, dos índios Mbaruery, que, com a ajuda dos padres jesuítas, resistiram bravamente aos frequentes ataques de bandeirantes que desciam o rio Tietê em direção ao interior, aprisionando índios para mão-de-obra escrava.

Forte impulso ao desenvolvimento ocorreria com a construção da Estrada de Ferro Sorocabana e inauguração do primeiro trecho da ferrovia. Barueri ganha, então, sua estação ferroviária em 1875, tornando-se importante entreposto de cargas, rota obrigatória na ligação da Cidade de São Paulo com Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

A partir do início do século XX, Barueri, a exemplo da cidade de São Paulo, receberia grande número de imigrantes vindos da Europa e Ásia, a maior parte deles japoneses.

Finalmente, por intermédio da Lei nº 233, de 24 de dezembro de 1948, foi criado o Município de Barueri. Assim, de 1949 em diante, estiveram à frente da Prefeitura de Barueri: Nestor de Camargo Oliveira; Adonay de Almeida Sylos, por dois mandatos; João Acácio de Almeida; Carlos Capriotti; Irani de Almeida; Arnaldo Rodrigues Bittencourt, por dois mandatos; Guilherme Guglielmo; João Villalobo Quero; Rubens Furlan; Carlos Alberto Bel Correia; Gilberto Macedo Gil Arantes, por dois mandatos consecutivos; e Rubens Furlan, já no quarto mandato como Prefeito de Barueri.

Localizada a apenas 26 km da Praça da Sé, marco zero da capital paulista, a cidade de Barueri pertence à Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião de Osasco. De acordo com estimativas do IBGE em 2010, a população de Barueri é de 240.656 habitantes. Seu Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 26.994.700.000, conforme dados referentes a 2008, está entre os vinte maiores do Brasil, superando cidades como Betim, Santos, Vitória, Recife, São José dos Campos, Goiânia, Belém e a maioria das capitais e grandes cidades do interior brasileiro. A economia do município baseia-se na arrecadação de impostos, em especial o ISS, cuja alíquota é a mais baixa da Região Metropolitana de São Paulo e, segundo dados da Prefeitura de Barueri, varia entre 2 e 3%.

Em 1973, a Câmara Municipal aprovou a Lei de Zoneamento Industrial, que favoreceu o desenvolvimento econômico de Barueri, permitindo o surgimento de polos empresariais como o Tamboré, Alphaville, Jubran Votupoca e Jardim Califórnia. Atualmente, Alphaville, que abriga sedes e filiais de grandes empresas, é o principal centro econômico da região, um dos maiores polos industriais e comerciais do Estado de São Paulo, e gera a maior parte dos impostos da cidade.

Além da política de baixa tributação garantida por lei, apresentam-se como vantagens da cidade para instalação de novos negócios: proximidade da capital paulista; localização favorável também em relação ao Mercosul; disponibilidade de mão de obra qualificada; infraestrutura eficiente, que inclui sistema viário, asfalto, iluminação, saneamento, abastecimento de água, entre outros fatores.

Muitos anos atrás, às margens do rio Barueri Mirim, vicejavam flores vermelhas de hibisco. Vem daí, provavelmente, o epíteto pelo qual passou a ser conhecida a cidade de Barueri, "flor vermelha que encanta". Mas, como se vê, hoje o encanto de Barueri deve-se a muitas outras causas.

Merecem menção, por exemplo: as escolas municipais, pela qualidade do ensino, pelo conjunto de recursos e instalações disponíveis; as onze bibliotecas municipais, mantidas pela Secretaria de Cultura e Turismo, reunindo um total de mais de 200 mil livros e respondendo pelo desenvolvimento de importantes projetos voltados para a comunidade; o Instituto Técnico de Barueri (ITB), que, sob administração da Fundação Instituto de Educação de Barueri (FIEB), criada em 1994 pelo Prefeito Rubens Furlan, oferece gratuitamente para os alunos da rede municipal cursos técnicos profissionalizantes em diversas áreas, entre as quais Informática e Administração; cabe mencionar ainda o Campus Barueri da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), inaugurado em 21 de agosto de 2006, no prédio construído com recursos da Prefeitura, para abrigar uma universidade de ponta, com cursos de graduação em Economia e Comércio Internacional, Administração de Empresas e Psicologia. Além disso, há 23 cursos de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão, e o cursinho Foco (Formação Complementar para Vestibulandos). No dia 17 de agosto de 2009, foi inaugurada, no centro da cidade, a Faculdade de Tecnologia de Barueri (Fatec-Barueri), onde são ministrados os cursos de Tecnologia em Comércio Exterior e Tecnologia em Transportes Terrestres. Ressalte-se também o Senai Barueri, escola resultante de parceria entre o Senai-SP e a Prefeitura Municipal. Inaugurada no dia 29 de maio de 2009, a escola dispõe de cursos técnicos na área Gráfica e Editorial, além de aprendizagem industrial em Eletrônica e outros cursos com formação profissional.

Na área de cultura, distinguem-se, com justiça, o Teatro Municipal de Barueri, inaugurado em 1992, e o Museu Municipal de Barueri, em casarão tombado pelo Conselho Municipal de Patrimônio Histórico Cultural. No local, por intermédio de exposições temporárias e permanentes, conta-se a história de Barueri desde a origem até os dias atuais.

Outra iniciativa digna de reconhecimento, o Museu da Bíblia, fruto da parceria entre a Prefeitura Municipal de Barueri e a Sociedade Bíblica do Brasil, é o primeiro museu do gênero no País, tendo em seu acervo bíblias e partes de textos bíblicos em mais de 1.500 idiomas, além de várias miniaturas, incluindo o menor livro do mundo, e também uma réplica da prensa de Gutenberg, que imprimiu a primeira Bíblia da história. Interligado ao Museu, o Centro de Eventos, um pátio com dois auditórios, cada qual com 497 poltronas, servindo à realização de convenções, seminários, oficinas diversas etc.

Na área de saúde, conta o município com ampla rede de atendimento, da qual fazem parte estabelecimentos como: o Hospital Municipal Dr. Francisco Moran; o Hospital Albert Einstein Alphaville; o Serviço Assistência Médica Barueri (Sameb); o Hospitalis - Núcleo Hospitalar Barueri; e o Hospital Barueri. Relatório divulgado pelo Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo revela que o Município de Barueri apresentou apenas um caso de dengue importado de outra localidade, nos meses de janeiro e fevereiro de 2010.

Com registro também de significativos avanços, responde pela segurança a Guarda Municipal de Barueri, criada em 1994 e cujas atividades tiveram início no ano seguinte, com 158 Guardiões Municipais e 18 viaturas. Hoje, a GMB conta com um efetivo de 600 GMs e uma frota de 70 viaturas. Inclusive, em estudo recente realizado pelo Núcleo de Análise Estatístico, da Guarda Municipal de Barueri, registra-se queda expressiva em todos os indicadores de criminalidade e violência nos primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Barueri possui também excelente infraestrutura esportiva: mais de oito praças esportivas, campos de futebol, gramados com alambrado e vestiários, treze ginásios municipais abertos ao público, trinta e duas quadras descobertas e nove pistas de skate. Para incentivo à prática desportiva, a Prefeitura oferece escolinhas de esportes gratuitas, com aulas de tênis, judô, caratê, futebol de salão, futebol de campo, skate entre outros. Em especial, engrandecem o patrimônio esportivo barueriense, o Ginásio Poliesportivo José Correa, com capacidade para 5 mil pessoas, e a Arena Barueri, uma das mais modernas arenas esportivas do Brasil, com capacidade para 32 mil pessoas, e que tem servido, inclusive, aos grandes clubes da Capital como Corinthians e Palmeiras.

Barueri ganhou espaço no noticiário nacional também em consequência da participação do Grêmio Barueri na Série A do Campeonato Brasileiro de 2009. Divergências entre a Prefeitura e a Diretoria do time levaram, no entanto, o Grêmio Barueri a transferir-se para a cidade de Presidente Prudente, tornando-se, então, Grêmio Prudente.

A cidade também é famosa pela realização da Corrida de São Silveira, originada nos anos 1960 e realizada oficialmente desde 1975. Assim, no dia 19 de dezembro de 2010, a Prefeitura de Barueri, por intermédio da Secretaria de Esportes, promoveu a 35ª edição da corrida.

Por fim, Senhor Presidente, desejo que Barueri, "flor vermelha que encanta", receba as merecidas congratulações pelo transcurso de seu aniversário e pela trajetória repleta de realizações e reconhecimento aos méritos da ação e do compromisso com o progresso. Que sejam plenamente atendidas, portanto, as causas, aspirações e anseios de sua gente honesta e trabalhadora. Que Deus, em sua infinita sabedoria e misericórdia, continue a dar a direção para o trabalho de todos nós e, especialmente, das pessoas que respondem pelas prefeituras e secretarias municipais e que se acham empenhadas em assegurar as condições necessárias para o desenvolvimento das cidades.

Muito obrigada.

BRUNA FURLAN

Deputada Federal

<< Voltar

Redes Sociais


Bruna Furlan - Todos os Direitos Reservados © 2016